Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

BRISA ANUNCIA LUCROS TÍMIDOS

A Brisa revelou esta terça-feira os resultados líquidos de 2002, apresentando 213 milhões de euros em lucros, mais um por cento que no ano anterior e em linha com as previsões mais tímidas do mercado. A concessionária propôs um dividendo de 0,22% por acção, mais 5% que o anterior.
25 de Fevereiro de 2003 às 18:27
BRISA ANUNCIA LUCROS TÍMIDOS
BRISA ANUNCIA LUCROS TÍMIDOS
A previsão média do mercado para os lucros da Brisa era de 235 milhões de euros, oscilando entre 200 e 297 milhões de euros. Os resultados anunciados não fogem a este cenário e reflectem ainda a provisão de 62 milhões de euros que a Brisa teve de fazer relativa à sua participação no capital da EDP (2%), compensada com um crédito fiscal em igual montante.

Com o tráfego nas auto-estradas a subir 5% em 2002 (relativo aos valores de 2001), a Brisa aumentou em 3% (mais 86 pessoas num universo de 2966 trabalhadores) a sua força laboral e investiu em 2002 um total de 906 milhões de euros, mais 10% que em 2001.

Os resultados foram anunciados após o fecho da sessão bolsista, onde as acções da Brisa desvalorizaram 1,01%, para os 4,90 euros por acção, em linha com os resultados negativos que marcaram a carteira por inteiro, no pior dia bolsista em cinco meses.
Ver comentários