Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Bruxelas prolonga e aumenta tetos das ajudas estatais às economias devido à pandemia Covid-19

Ajudas foram prolongadas até 31 de dezembro de 2021.
Lusa 28 de Janeiro de 2021 às 13:54
Dinheiro
Dinheiro FOTO: Getty Images
A Comissão Europeia decidiu esta quinta-feira prolongar, até final de dezembro deste ano, as regras mais flexíveis para as ajudas estatais devido à crise gerada pela covid-19, aumentando também os tetos máximos de financiamento às empresas.

O executivo comunitário indica, numa informação hoje divulgada, que decidiu "prolongar até 31 de dezembro de 2021 o enquadramento temporário de auxílios estatais adotado em 19 de março de 2020 para apoiar a economia no contexto do surto do coronavírus".

E também hoje "a Comissão decidiu alargar o âmbito do Quadro Temporário, aumentando os limites máximos nele estabelecidos e permitindo a conversão de certos instrumentos reembolsáveis em subvenções diretas até ao final do próximo ano", acrescenta a instituição.

Bruxelas Covid-19 Comissão Europeia economia negócios e finanças
Ver comentários