Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

BSE diagnosticada numa cabra

Depois das ‘vacas loucas’ é agora a vez das cabras. A Comissão Europeia revelou, esta terça-feira, ter sido diagnosticada em França o primeiro caso do mundo de Encefalopatia Espongiforme Bovina (BSE) neste animal.
28 de Janeiro de 2005 às 20:10
"Sabíamos que a transmissão de BSE (a uma cabra) era possível, já que testes em laboratório o haviam demonstrado", explicou Philip Tod, porta-voz do ministro europeu da Saúde e Protecção dos Consumidores, Markos Kyprianou.
Esta é a primeira vez que se identifica num caso concreto, em habitat natural, em sequência do Ministério da Agricultura francês ter anunciado ao executivo comunitário que um grupo de investigadores confirmou, em Outubro de 2004, a existência do agente da BSE numa cabra abatida em 2002 no Sul da França.
PERIGOS PARA O CONSUMIDOR?
Em comunicado, a Comissão Europeia desdramatiza um possível alarme e risco para a saúde pública já que, garante, desde há vários anos que têm sido tomadas medidas de muito elevado grau de prevenção por forma a proteger o consumidor.
O restante rebanho a que pertencia esta cabra foi retirado da cadeia alimentar. A comissão propõe agora que se generalizem os testes para apurar se este foi um caso isolado ou não.
Desde 1990, que mais de 100 pessoas morreram com a variante humana da doença.
Ver comentários