Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Bush pede investigação nos combustíveis

O presidente norte-americano, George W. Bush, ordenou uma investigação ao mercado de combustíveis, para averiguar uma eventual subida de preços., anunciando esta terça-feira um ‘pacote’ de medidas para fazer face à forte subida de preços que se têm verificado nos tempos mais recentes.
25 de Abril de 2006 às 19:53
Bush anunciou o diferimento do aprovisionamento das reservas estratégicas do país até depois da época das férias, durante a qual o consumo normalmente aumenta.
“Deixaremos entrar um pouco mais de petróleo no mercado e todo o contributo é importante”, afirmou o presidente norte-americano, acrescentando que os preços do petróleo e combustíveis “são um assunto de segurança nacional” e no actual contexto de escalada de preço, os Estados Unidos devem “abandonar a sua dependência em relação ao petróleo”.
Refira-se que actualmente os EUA estão a canalizar cerca de 25 mil barris de crude para a reserva estratégica, que visa fazer face a um possível colapso na capacidade de produção e refinação, numa altura em que 60 por cento do consumo norte-americano tem origem nas importações.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)