Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Cada euro português só ‘vale’ 83 cêntimos

No capítulo do bem-estar económico das famílias, Portugal surge na 13ª posição entre 19 países.
João Maltez 14 de Dezembro de 2019 às 10:47
Poder de compra dos portugueses melhorou, mas está abaixo da média da UE
Poder de compra dos portugueses melhorou, mas está abaixo da média da UE FOTO: Vasco Neves

Um euro no bolso dos portugueses ‘vale’ apenas cerca de 83 cêntimos, quando se compara a chamada despesa de consumo individual per capita dos cidadãos de cada um dos países da União Europeia (UE). 

Este indicador, considerado o mais apropriado para dar a conhecer o bem-estar económico das famílias, coloca Portugal no 13º posto entre os 19 estados-membros que integram a Zona Euro, segundo informação avançada esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística.

Tendo como referência os preços de 2018 de um ‘cabaz de compras’ idêntico em cada um dos países europeus, e partindo de um valor-base fixado em 100% (que fizemos equivaler a 100 euros), uma família portuguesa apenas conseguiria adquirir cerca de 83% (o correspondente a 83 euros) dos bens e serviços selecionados para compor esse mesmo cabaz.

Se o bem-estar económico nacional ainda se mantém longe da média da União Europeia, também é verdade que a despesa de consumo de cada um dos portugueses tem vindo a melhorar nos últimos sete anos - passou de  78,8% em 2011 para 82,9% no ano passado.

No conjunto dos 28 estados-membros da UE, o Luxemburgo destaca-se como o país onde existe o maior poder de compra (cerca de 134%), enquanto no extremo oposto surge a Bulgária (55,6%), com pouco mais de metade do valor médio.

Dez países com bem-estar acima da média
Dos 28 estados-membros da União Europeia, 15 (ver infografia) apresentavam em 2018 um poder de compra superior ao de Portugal. Contudo, em apenas 10 os cidadãos beneficiavam de um índice de bem-estar superior à média da UE - Luxemburgo, Alemanha, Áustria, Dinamarca, Reino Unido, Bélgica, Holanda, Finlândia, Suécia e França. Em sentido inverso, Letónia, Hungria, Croácia e Bulgária estavam mais de 30 pontos abaixo da média.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)