Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Câmara de Braga manda fechar hipermercados no 1º de Maio

Os hipermercados de Braga vão estar encerrados no feriado do 1º de Maio segundo um despacho municipal divulgado esta quinta-feira pelo sindicato do comércio (CESP), que contraria a intenção das empresas de abrir pela primeira vez no Dia do Trabalhador.
28 de Abril de 2011 às 17:13
Sindicato congratula decisão de Mesquita Machado
Sindicato congratula decisão de Mesquita Machado FOTO: Sérgio Freitas

"O presidente da Câmara Municipal de Braga, por despacho, manda encerrar  supers e hipermercados no dia 1 º de Maio, justificando com a celebração  do Dia Internacional dos Trabalhadores, relevando um conjunto de referências  simbólicas, designadamente, no que concerne a princípios hoje consolidados  no quadro dos direitos dos trabalhadores", lê-se na nota do CESP - Sindicato  dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal.  

Este mesmo sindicato tem denunciado nos últimos dias pressões que estão  a ser exercidas junto dos trabalhadores dos hipermercados dos grupos Jerónimo  Martins (Pingo Doce) e Sonae (Continente) para trabalharem no próximo feriado,  mas as empresas têm desmentido essas informações.  

"Esta decisão do presidente da Câmara Municipal de Braga, evidencia  que as Câmaras Municipais podem contribuir, se quiserem, para regular e  disciplinar a selvajaria que o capitalismo está a querer reinstalar em Portugal.  Ainda é tempo de travar a corrida para o abismo", acrescenta o sindicato. 

Para prevenir a intenção do patronato, de abrir as empresas naquele  feriado, o CESP já apresentou um pré-aviso de greve para os funcionários  dos hipermercados gozarem o feriado nacional do Dia do Trabalhador.  

Mesquita machado CESP hipermercados dia do trabalhados 1 de Maio
Ver comentários