Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Carlos Costa defende criação de subcâmara dentro do PE

Conferência no Banco de Portugal.
9 de Maio de 2015 às 12:16
"Há um grande desafio que é o de criar uma subcâmara", disse Carlos Costa
'Há um grande desafio que é o de criar uma subcâmara', disse Carlos Costa FOTO: José Sena Goulão/Lusa

O governador do banco de Portugal, Carlos Costa, defendeu este sábado a criação de uma subcâmara dentro do Parlamento Europeu que assegure especificamente o controlo e a legitimação política do que é feito em termos do Eurogrupo.


"Há um grande desafio que é o de criar uma subcâmara, uma outra fórmula que assegure o controlo e a legitimação política do que é feito em termos do Eurogrupo", disse Carlos Costa, durante a sua intervenção na conferência 'Growth and Reform in Europe in the Wake of Economic Crisis', promovida pelo Banco de Portugal e que hoje decorre na sede da instituição, em Lisboa.


O governador do Banco de Portugal justificou que "não tem sentido" que as questões da união económica e monetária sejam objeto de controlo por deputados que não façam parte desta mesma união.


"Não tem sentido pedir a um polaco uma opinião sobre uma coisa que se passa no interior do Eurogrupo, porque ele não é objeto da política, mas tem todo o sentido pedir a todos os membros do Parlamento [Europeu] que fazem parte da zona euro que controlem e verifiquem e questionem a qualidade das políticas", sublinhou.


Carlos Costa reforçou ainda que "é preciso ter consciência que esta Europa [referindo-se à zona euro] tem de ter legitimação" e destacou o "grande desafio de se assegurar que o Parlamento Europeu seja capaz de se organizar de forma a reconhecer que existem duas realidades: a da União Europeia e do mercado interno e depois a realidade do Eurogrupo".

Portugal Carlos Costa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)