Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Carlos Moedas satisfeito com termos do acordo sobre 'plano Juncker'

Comissário europeu diz que é possível minimizar os cortes no programa Horizonte 2020.
28 de Maio de 2015 às 13:18
O comissário europeu Carlos Moedas
O comissário europeu Carlos Moedas FOTO: Olivier Hoslet/Reuters
O comissário europeu Carlos Moedas saudou o compromisso esta quinta-feira alcançado entre as instituições europeias sobre o 'plano Juncker' de investimento, manifestando-se particularmente satisfeito por ter sido possível minimizar os cortes no programa-quadro de investigação e inovação Horizonte 2020.

"É também um grande dia para a investigação e inovação na Europa. Estou muito orgulhoso com o desfecho, mas estou orgulhoso em particular com os termos em que o Horizonte 2020 contribui para este grande, grande projeto de investimento na Europa", declarou o comissário português, numa conferência de imprensa conjunta com os vice-presidentes Jyrki Katainen (Crescimento, Investimento e Competitividade) e Kristalina Georgieva (orçamentos).

Carlos Moedas manifestou-se designadamente satisfeito com o compromisso alcançado nas negociações do "trílogo" (representantes da Comissão, Parlamento Europeu e Conselho) ter reduzido o impacto da captação prevista de verbas do Horizonte 2020, lembrando que uma das preocupações desde o início era "minimizar qualquer contributo da investigação fundamental".
Carlos Moedas Horizonte Europa Comissão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)