Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Castanha boa e em quantidade

A produção de castanha na região do Soutos da Lapa, que engloba concelhos do distrito de Viseu e Guarda, vai ser a melhor dos últimos dez anos em quantidade e qualidade.
23 de Outubro de 2006 às 00:00
Os produtores da região vão colher cerca de sete mil toneladas, sendo que a grande maioria – 80 por cento – vai para exportação, principalmente para o Brasil, Itália e Espanha. A castanha assume-se como uma mais-valia para a região norte do distrito de Viseu e é um sector “com futuro” para os agricultores.
“Nos últimos anos plantou-se muitos castanheiros e nasceram novos soitos. É um produto muito importante para a economia”, referiu José Mário Cardoso, presidente da Câmara de Sernancelhe onde durante o fim-de-semana decorreu a festa da castanha. O produto foi vendido a preços entre 1,20 e 2,00 euros.
“Este ano a castanha é muito boa. Ontem vendi tudo mas hoje, devido à chuva, está mais fraco”, disse Maria Alcina, produtora. Para promover o fruto nasceu ontem em Sernancelhe a Confraria da Castanha.
Ver comentários