Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Cavaco acredita em “acordo interpartidário” nas SCUT

Em dia de decisão sobre as SCUT na Assembleia da República, o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, considera “positivo” um eventual “acordo interpartidário” relativamente a esta matéria.
24 de Junho de 2010 às 16:56
Cavaco Silva pede “sentido de justiça e equidade”
Cavaco Silva pede “sentido de justiça e equidade” FOTO: Lusa/Eduardo Costa

Recordando o discurso que proferiu no dia 10 de Junho, no qual acentuou o conceito de coesão nacional, afirma agora que este “pressupõe a abertura para ouvir os argumentos das pessoas”. Cavaco declarou ainda acreditar que esta necessidade de ter em conta a situação do País e de dar às pessoas um “sentido de justiça e equidade” vai estar presente no diálogo que decorre esta quinta-feira entre as várias forças partidárias.

Em relação ao ‘chip’ para cobrança das portagens, e às polémicas que esta medida tem suscitado, o Presidente disse que ao analisar o diploma lhe surgiram dúvidas, mas considerou que este pertencia à área de competência do Governo, que acabou por fazer algumas alterações.

As declarações do Presidente da República foram proferidas após um almoço com membros de associações académicas de universidades e politécnicos, incluído no V Roteiro para a Juventude que decorre esta quinta e sexta-feira em Lisboa, Oeiras e Sintra.

No contexto deste evento referiu que os 100 mil jovens à procura de emprego são uma realidade que ajuda a explicar a importância do empreendedorismo, que para além da criação de emprego, pode ser “motor de mudança” nos “tempos de crise” que o País atravessa.

Ver comentários