Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Cavaco defende empreendedorismo

O Presidente da República, Cavaco Silva, voltou esta segunda-feira a defender o combate ao “conformismo e à resignação”, considerando que “o empreendorismo ganha novas razões para se desenvolver e frutificar”, num contexto em que o conceito de emprego para toda a vida de torna cada vez mais “obsoleto”.
17 de Novembro de 2008 às 17:25
Cavaco diz que jovens devem ser empreendedores
Cavaco diz que jovens devem ser empreendedores FOTO: d.r.

O Chefe de Estado enviou uma mensagem às entidades organizadoras da Semana Global Empreendorismo 2008, que hoje teve início em 2008, na qual caracterizou o empreendorismo como uma “peça-chave do progresso dos países” e não apenas do plano económico. Cavaco Silva destacou a “vontade crescente de assumir riscos e encetar projectos empresariais próprios”, nomeadamente como forma de atingir maior autonomia e realização pessoal.

Contudo, para o Chefe de Estado, Portugal tem desafios para vencer, começando pela “tendência psicológica para o conformismo e a resignação”. “Ainda poucos trocam a previsível estabilidade de um emprego, ainda que mal remunerado, pela iniciativa própria com hipótese de maiores compensações”, escreveu o Presidente da República.

Assim, há que “estimular a ousadia e a ambição, assim como as capacidades de compreensão e controlo dos riscos” e aliviar a “pressão social” que recai sobre os empreendedores, em especial o “estigma do insucesso”.

Salientando que “não se nasce empreendedor”, Cavaco Silva alertou para a necessidade de despertar esta atitude nos jovens e dar-lhes formação para desenvolver as necessárias competências.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)