Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

CERCI de Portalegre em risco de fechar

A CERCI de Portalegre poderá ter de fechar portas por falta de receitas para proceder ao pagamento de ordenados dos mais de 50 funcionários da instituição, afirmou esta quinta-feira um dirigente sindical.

18 de Setembro de 2008 às 12:34

Florinda Castanho, dirigente do Sindicato dos Trabalhadores e Técnicos de Serviço, (SITESE) especificou que “o mês de Agosto e o subsídio de férias estão ainda por receber”. 

De acordo com a sindicalista, grande parte dos funcionários já ponderam a suspensão dos contratos uma vez que não receberam qualquer "garantia por parte da instituição de que os salários irão ser pagos a curto prazo”. 

João Serra Bonacho, presidente da CERCI, confirmou o momento difícil que a instituição atravessa e admitiu “ as receitas não chegam para as despesas e este ano não houve subsídios de parte nenhuma, nem receitas extraordinárias”. 

Ver comentários