Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

CGD cobra por operação na Internet

À comissão de 0,50 euros soma-se dois cêntimos de imposto por transferências abaixo de 100 mil.
26 de Fevereiro de 2014 às 09:00
CGD, Caixa Geral de Depósitos, banco, transferências, preçário, cobrança, internet
CGD, Caixa Geral de Depósitos, banco, transferências, preçário, cobrança, internet FOTO: Vítor Mota

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) está, desde 19 de fevereiro, a cobrar 52 cêntimos por cada transferência bancária online para outras instituições financeiras. Trata-se de um valor fixo para todas as transações abaixo dos 100 mil euros, que está a ser cobrado desde 19 de fevereiro.

Ninguém está isento, concretizou fonte da CGD. Não está previsto, neste momento, a cobrança pelas operações de transferências nos multibancos, garantiu ao CM a mesma fonte. O valor consta do preçário que entrou em vigor a 1 de janeiro, mas a instituição só começou a aplicar a comissão no dia 19 deste mês. A comissão é de 0,50 euros, a que se soma dois cêntimos do imposto de selo.

O BCP cobra pela  transferências online um mínimo de um euro (abaixo de mil euros) e um máximo de 19,50 euros. Já o Santander cobra uma comissão de 1,25 euros para transferências abaixo de 100 mil euros. O BES e o BPI não cobram. Recorde-se que a CGD teve prejuízos de 576 milhões de euros em 2013.

 

CGD Caixa Geral de Depósitos banco transferências preçário cobrança internet
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)