Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

China cresce 8,7 por cento

Em plena crise económica, a China conseguiu tornar-se no principal mercado exportador de automóveis e ameaça usurpar ao Japão o segundo lugar entre as maiores economias globais, tendo crescido 8,7 por cento em 2009.
24 de Janeiro de 2010 às 21:30

O crescimento do PIB chinês, ainda que ao ritmo mais lento de oito anos, superou as expectativas, que se ficavam pelos 8%.

Com isto, a economia chinesa poderá estar à beira de ascender ao posto de segunda maior economia do Mundo, lugar que tem pertencido ao Japão, que se encontra a braços com uma recessão. Além disso, os analistas económicos prevêem que a este ritmo dentro de dez anos a China seja a maior economia global, destronando os Estados Unidos da América.

Ver comentários