Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Combustíveis dão mil milhões em impostos até abril

Receita fiscal a crescer apesar de 639,9 milhões de reembolsos de IRS.
Miguel Alexandre Ganhão(miguelganhao@cmjornal.pt) 26 de Maio de 2018 às 09:23
Combustíveis
Subida de preços está a fazer com que os chamados combustíveis low cost estejam a ganhar quota de mercado
Assaltada Bomba de Combustíveis em Barcelos
Combustíveis
Combustíveis
Subida de preços está a fazer com que os chamados combustíveis low cost estejam a ganhar quota de mercado
Assaltada Bomba de Combustíveis em Barcelos
Combustíveis
Combustíveis
Subida de preços está a fazer com que os chamados combustíveis low cost estejam a ganhar quota de mercado
Assaltada Bomba de Combustíveis em Barcelos
Combustíveis
A receita fiscal continua a subir e a ser o grande "motor" das contas públicas. Até abril o Estado cobrou mais de 11,7 mil milhões em impostos, uma subida de 1,4% face ao período homólogo, mesmo tendo em conta os reembolsos de IRS que, até ao final do mês passado, tinham totalizado 639,9 milhões de euros (mais 392,9 milhões do que o que foi pago em 2017).

Só o Imposto Sobre os Produtos Petrolíferos (ISP) deu mais de mil milhões ao cofres públicos em quatro meses. O défice entre janeiro e abril fixou-se nos 2 022 milhões de euros, mais 165 milhões do que em igual período de 2017, devido a um crescimento da despesa superior ao da receita.

Foram contabilizados 419,8 milhões em despesas de investimento no Serviço Nacional de Saúde (SNS). As despesas com pessoal continuaram a descer em abril (-2,9%), o que significa que ainda não existe impacto do descongelamento das carreiras da Função Pública. Até ao final de março, as Finanças tinham cativado 611,5 milhões de euros com projetos e aquisição de bens e serviços.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)