Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

Decisão da medida de resolução ao BES e de criar o Novo Banco, em 3 de agosto de 2014, "foi uma decisão que, pelas suas implicações, também responsabiliza o Governo".
Lusa 26 de Julho de 2021 às 19:23
Novo Banco
Novo Banco
A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4 900 milhões de euros, foi "uma fraude política".

"Uma decisão que representou uma fraude política, uma vez que foi dito aos portugueses que seria possível resolver o banco com 4,9 mil milhões de euros, sabendo-se que o passivo da 'holding' era superior a 12 mil milhões de euros", pode ler-se na proposta de alteração do PCP ao relatório, esta segunda-feira aprovada com votos favoráveis de PS, BE e PCP, e votos contra do PSD, CDS, PAN e IL.

De acordo com o texto dos comunistas, a decisão da medida de resolução ao BES e de criar o Novo Banco, em 03 de agosto de 2014, "foi uma decisão que, pelas suas implicações, também responsabiliza o Governo", à data liderado por Pedro Passos Coelho (PSD/CDS-PP).

BES PSD/CDS-PP Novo Banco PCP BE economia negócios e finanças
Ver comentários