Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Concurso público para rentabilizar Alqueva

O ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas, Jaime Silva, defende que a melhor solução para rentabilizar o investimento feito pelo Estado na barragem do Alqueva é a realização de um concurso público para atribuição da exploração desta infra-estrutura.
20 de Novembro de 2006 às 10:07
“O Governo está a estudar as formas como pode valorizar mais a produção de energia eléctrica que já existe no Alqueva e o concurso é uma delas”, assinalou o governante esta segunda-feira em declarações prestadas à rádio TSF.
Segundo fez saber Jaime Silva, o Governo ainda não tomou qualquer decisão sobre a forma de valorizar a barragem do Alqueva, mas o concurso público é uma das hipóteses e “a melhor forma de valorizar e obter uma melhor remuneração do investimento”, admitiu.
À rádio TSF, o ministro assegurou que a EDP não será beneficiada no negócio, já que Portugal vive hoje numa situação de economia de mercado livre. “O Governo não privilegia nenhum parceiro em particular. Queremos que o mercado funcione bem e, funcionando bem, as empresas públicas serão melhor remuneradas”, justificou.
Jaime Silva afirmou que já no próximo ano poderão saber-se novidades quanto ao resultado de um eventual concurso público, ao qual se perfilam como candidatos, além da EDP, a Endesa, a Galp e a Iberdrola.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)