Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Condenado a indemnizar

O Banco Espírito Santo (BES) foi condenado em Espanha a pagar 200 mil euros de indemnização a um único cliente, que contratou produtos de investimento que foram penalizados pela falência do Lehman Brothers, em Setembro de 2008.
8 de Fevereiro de 2011 às 00:30
O grupo gerido por Ricardo Salgado vai recorrer da decisão
O grupo gerido por Ricardo Salgado vai recorrer da decisão FOTO: Inácio Rosa/Lusa

A decisão foi tomada por um juiz do Julgado de Primeira Instância nº 37 de Madrid, segundo noticiou ontem o ‘El País’.

O caso remonta a 2005, quando J.L.M., cliente do BES naquele país, contratou um seguro de vida BES Link, um produto de investimento estruturado através da companhia Tranquilidade, num escritório do BES na cidade de Santander.

O cliente subscreveu também, em 2007, um outro produto do banco relativo ao Banco Santander e BBVA. Em Outubro de 2008, foi informado pelo BES de que tanto o seguro como o contrato tinham sido afectados pela falência do Lehman. O banco do grupo gerido por Ricardo Salgado só admitiu ter cometido um erro em relação ao segundo produto subscrito. No que toca ao seguro, o BES sustentou que os riscos eram "perfeitamente conhecidos".

Opinião contrária teve o juiz madrileno, que condenou o banco por não ter cumprido o "dever de dar informação clara, correcta, suficiente e oportuna e de assessoria diligente". O BES vai recorrer da sentença.

BES RICARDO SALGADO INDEMNIZAÇÃO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)