Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

Constâncio retém 11 milhões de euros

O Banco de Portugal (BdP) conseguiu resgatar cerca de 11 milhões de euros, dos 108 milhões que terão sido desviados do Banco Nacional de Angola (BNA). Os 11 milhões foram transferidos, através de operações ilícitas de Angola para empresas fictícias em Portugal.
20 de Fevereiro de 2010 às 00:30
Francisco Gomes Mangumbala, funcionário do BNA, foi detido
Francisco Gomes Mangumbala, funcionário do BNA, foi detido FOTO: Mike Hutchings/Reuters

A intervenção do banco liderado por Vítor Constâncio teve lugar após um pedido de colaboração do BNA, alegando que se tratavam de operações criminosas com vista ao branqueamento de capitais.

Porém, e ao que o CM apurou, cerca de 4 milhões de euros ainda estarão em Portugal, mas em parte incerta.

Em Angola a investigação avançou, tendo resultado na detenção de 18 pessoas.

Segundo a procuradoria-geral angolana, Francisco Gomes Mangumbala – funcionário do BNA, colocado no Departamento de Gestão de Reservas – será um dos principais membros da associação criminosa envolvida no desvio de fundos . Este funcionário, que trabalhava precisamente na área de execução das transferências ao exterior, ainda tentou a fuga, mas acabou por ser detido na segunda--feira, dia 15 de Fevereiro.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)