Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Consumo chinês obriga a aumento

O preço do petróleo voltou a subir com os mercados internacionais à espera de um aumento do consumo na China, devido ao embaratecimento das importações causado pela apreciação da moeda chinesa, o yuan.
24 de Julho de 2005 às 00:00
A subida da procura na China, que já é o segundo maior consumidor mundial de petróleo, tem sido um dos principais factores a pressionar à subida dos preços do crude a nível internacional nos últimos dois anos.
Em Nova Iorque, o preço do barril de crude para entrega em Setembro subiu 2,7 por cento, para 58,65 dólares.
Durante a semana, o contrato de futuro de “light sweet crude” a um mês recuou 0,8 por cento, mas continua 42 por cento acima do registado no mesmo período do ano passado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)