Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

CONTAS DA TAP AINDA POR APURAR

O Conselho de Administração da TAP ainda não aprovou as contas da empresa referentes a 2003. Quem o afirma é Cardoso e Cunha, presidente daquele órgão, que classifica como um “acto hostil” a difusão, há duas semanas, pela comunicação social, de pretensos resultados referentes ao ano passado.
9 de Março de 2004 às 08:32
CONTAS DA TAP AINDA POR APURAR
CONTAS DA TAP AINDA POR APURAR FOTO: d.r.
“Não vi nem aprovei as contas referentes a 2003”, garantiu o presidente do Conselho de Administração da Transportadora Aérea Portuguesa ao “Jornal de Negócios”. Cardoso e Cunha demarcou-se, assim, de afirmações atribuídas ao presidente executivo da empresa, Fernando Pinto.
Numa primeira versão, foram apresentados lucros acima das previsões, na ordem dos 25 milhões de euros, e prémios a distribuir pelos trabalhadores. Todavia, mais recentemente, surgiram notícias de que este resultado havia sido obtido graças a operações contabilísticas.
Segundo o “Diário de Notícias”, a TAP teria registado mesmo prejuízos de 7,5 milhões de euros em 2003, sem a anulação de provisões para o conflito fiscal no Brasil, sem as maias-valias resultantes da venda de acções da France Telecom e sem uma redução de 11 milhões de euros da provisão para pensões.
“Numa altura em que a empresa discute alianças com parceiros de dimensão mundial não podemos tratar de forma não profissional os principais indicadores das nossas ‘perfomances’, sublinhou o presidente do Conselho de Administração da TAP, que já adiou por duas vezes a discussão e aprovação das contas de 2003.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)