Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Contas individuais

O Governo quer iniciar, ainda este ano, a discussão com os parceiros sociais do regime complementar de contas individuais para que possa entrar em vigor em 2008, disse ontem o secretário de Estado da Segurança Social, Pedro Marques.
26 de Setembro de 2007 às 00:00
Pedro Marques
Pedro Marques FOTO: Lusa
Pedro Marques, que falava aos jornalistas após a conferência ‘Desafios para o Futuro – Segurança Social e Soluções de Reforma’, promovida pela Tranquilidade, salientou que o objectivo é diversificar as opções de poupança dos cidadãos.
A reforma da Segurança Social prevê a aplicação de um regime complementar de natureza pública, de contas individuais, de contribuição definida e capitalização real, financiado pelas contribuições voluntárias dos beneficiários da Segurança Social.
As contribuições para este novo regime serão capitalizadas em contas individuais num fundo, gerido pelo Instituto de Gestão de Fundos de Capitalização da Segurança Social. “O que é importante é valorizar e desenvolver um espaço de poupança”, afirmou Pedro Marques, adiantando que o perfil do fundo deverá ser mais conservador do que o dos regimes privados.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)