Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

CORREIOS ATRASAM DEVOLUÇÕES DE IRS

Milhares de cartas amontoam-se nos Correios de Sintra, Tomar e Coimbra, só para citar alguns exemplos. Muitas delas contêm os cheques da Direcção-Geral do Tesouro com as devoluções de IRS para os contribuintes. São os efeitos da greve nos Correios e de alguma má gestão na distribuição da correspondência.
12 de Julho de 2003 às 00:00
Por vezes a publicidade tem prioridade em relação ao IRS
Por vezes a publicidade tem prioridade em relação ao IRS FOTO: arquivo cm
"Existem correios a várias velocidades que são canalizados no centro de distribuição onde a gestão é deficiente", afirmou ao CM um responsável sindical. Um exemplo disso são os contratos celebrados com as grandes superfícies para a distribuição de publicidade. "É correspondência para distribuir num prazo de quatro ou cinco dias, mas que chega ao centro de distribuição no terceiro dia. Essa correspondência tem prioridade sobre o correio normal", acrescentou a mesma fonte.
Para cumprir os prazos contratualmente fixados, os carteiros são chamados à atenção para darem prioridade àquele tipo de correspondência, deixando para trás o chamado "correio normal".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)