Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

Corrida ao ouro e prata

A Direcção-Geral de Energia e Geologia abriu um concurso para a atribuição de direitos de prospecção e pesquisa de metais preciosos, nomeadamente ouro, em seis concelhos do Sul de Portugal.
9 de Abril de 2012 às 01:00
Recursos mineiros são superiores a 170 mil milhões de euros
Recursos mineiros são superiores a 170 mil milhões de euros FOTO: Nuno Veiga/Lusa

Segundo o anúncio publicado em Diário da República, está em causa a prospecção de depósitos minerais de ouro, prata, cobre, chumbo, zinco, estanho e metais associados em três áreas dos concelhos de Alcoutim, Castro Marim (Algarve), Aljustrel, Beja, Castro Verde e Mértola (Alentejo). O principal critério definido pelo Estado português para a atribuição dos direitos de pesquisa é o da proposta economicamente mais vantajosa. O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, revelou recentemente que os recursos geológicos portugueses existentes no subsolo, nomeadamente no sector mineiro, estão estimados em "mais de 170 mil milhões de euros", o que corresponde ao valor do PIB P País.

No final de 2011, o Governo assinou com sete empresas dez contratos para exploração de minérios metálicos, no valor de 8,6 milhões de euros, com destaque para a concessão experimental de ouro em Montemor-o-Novo e Évora.

OURO PRATA MINÉRIOS ALGARVE ALENTEJO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)