Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

Corte russo não afecta Portugal

Portugal não vai ser afectado pelo corte do fornecimento de gás natural da Rússia à Ucrânia, já que o abastecimento do país é garantido na totalidade pela Nigéria e Argélia, informou esta segunda-feira fonte oficial da Galp Energia.
2 de Janeiro de 2006 às 15:46
Corte russo não afecta Portugal
Corte russo não afecta Portugal FOTO: d.r.
A responsável pelo transporte e aprovisionamento do gás natural em Portugal é a empresa Trangás que tem contratados 5,7 mil milhões de metros cúbicos de gás natural por ano, dos quais 60 por cento vêm da Nigéria e 40 por cento da Argélia, de acordo com a mesma fonte.
O governo russo bloqueou ontem o fornecimento de gás natural à Ucrânia depois de Kiev recusar aumentos dos preços que elevavam os valores a pagar pelos consumidores cinco vezes mais. Esta medida está a afectar directamente outros países como a Áustria, Hungria, Roménia, Eslováquia, Eslovénia e Croácia que registam já uma redução entre 20 e 40 por cento no fornecimento de gás que recebem diariamente.
Ver comentários