Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Cortes: Providências chumbadas

Quatro providências cautelares dos sindicatos (três de professores e uma de médicos), para travar reduções salariais em Janeiro, foram indeferidas pelos tribunais administrativos do Porto, de Coimbra e Lisboa, disse ao CM fonte do Ministério das Finanças. Resta saber as posições dos tribunais de Beja e Funchal. Falta o resultado de outras 15, que não suspendem processamento de salários, e de uma que tenta suspender a eficácia de uma norma.
12 de Janeiro de 2011 às 01:54
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)