Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

CP precisa de 170 milhões para comprar comboios

Verba visa a aquisição de 22 comboios mas primeiro só deverá entrar ao serviço em 2023.
Raquel Oliveira 4 de Setembro de 2018 às 15:55
Carlos Gomes Nogueira
Carlos Gomes Nogueira
Carlos Gomes Nogueira
Carlos Gomes Nogueira
Carlos Gomes Nogueira
Carlos Gomes Nogueira

A CP apresentou um plano de investimentos ao Governo de 170 milhões de euros, afirmou o presidente da CP, que está a ser ouvido esta terça feira na Comissão Parlamentar de Economia. Carlos Gomes Nogueira concretizou que a verba visa a aquisição de 22 comboios mas admitiu que o primeiro só deverá entrar ao serviço em 2023. "É assim que este mercado funciona", acrescentou.

Até à entrada de novo material circulante, e para continuar a garantir o serviço, a CP terá de reforçar, por um lado,  "o contrato de arrendamento de comboios com a Renfe" e, por outro,  a capacidade de reparação da EMEF, uma empresa do grupo ferroviário, afirmou Carlos Nogueira.

O presidente da CP recordou ainda, na sua intervenção inicial, que os comboios a diesel  têm entre 52 e 62 anos. "A última compra (de material circulante) foi feita em 2002 para os Urbanos do Porto", concluiu.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)