Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Crise: Belmiro quer apurar culpados

"Alguém foi responsável por todos os portugueses estarem 30 a 40 por cento mais pobres neste período mais recente" defendeu hoje o empresário Belmiro de Azevedo, salientando que "tem que haver culpados".
26 de Maio de 2011 às 16:30
Belimro de Azevedo defende que devem ser apurados os responsáveis pelo empobrecimento da população portuguesa
Belimro de Azevedo defende que devem ser apurados os responsáveis pelo empobrecimento da população portuguesa FOTO: Paulo Duarte

Em declarações à agência Lusa sobre a possibilidade Portugal ter uma investigação formal  para apurar quem esteve na origem do elevado endividamento do Estado, o presidente da Sonae Capital considerou que "é preciso saber porquê", acrescentando que "tem  que haver culpados nomeadamente aqueles que foram responsáveis pela gestão  do país". 

O comentário surge depois de o  membro do Banco Central da Islândia Gylfi Zoega ter defendido que Portugal  deve investigar quem está na origem do elevado endividamento do Estado e  bancos, e porque o fez. Também o presidente da Comissão de Inquérito à Crise Financeira (FCIC,  na sigla inglesa) do Estados Unidos, Phil Angelides, aconselhou uma investigação  semelhante em Portugal e na Europa, como forma de apurar os factos que levaram  à actual crise.

Belmiro Sonae pobreza crise endividamento Portugal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)