Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Crise "exige esforço sem precedentes"

O presidente da Comissão Europeia (CE), Durão Barroso, afirmou esta segunda-feira que a actual crise financeira “exige um esforço sem precedentes”, considerando tratar-se da melhor altura para remodelar o sistema financeiro global.
27 de Outubro de 2008 às 16:33
Durão Barroso
Durão Barroso FOTO: D.R.

Segundo Durão Barroso, presente nas comemorações do 30.º aniversário da UGT, a cimeira marcada para o próximo dia 15 de Novembro vai começar uma “reforma do sistema financeiro global”.

O líder do executivo comunitário  explicou que este é um “processo de alcance profundo, não apenas para os Estados Unidos, mas também para a Europa”, acrescentando que “estamos a trabalhar para apresentar uma posição unida da Europa” e já existe um “grande consenso em torno de princípios e regras fundamentais”.

Durão Barroso adiantou ainda que este processo “irá culminar com a reforma das próprias instituições financeiras mundiais” e que “neste momento há condições como nunca houve para que se proceda a essa reforma global”.

“Uma crise pode também ser uma oportunidade. Se não for agora quando será? A realidade acaba por se impor de tal forma que é necessário aproveitarmos esta situação que é grave para proceder a algumas reformas”, sustentou o presidente a CE, frisando ser necessária uma posição unida das grandes potências para responder a esta crise, pois “ou nadamos todos juntos ou vamos todos ao fundo”.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)