Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Crise leva 1097 pessoas à falência

Crise disparar o número de pessoas que declarou falência. CM explica como se pode declarar insolvência
2 de Outubro de 2011 às 01:00
crise, falências, pessoas singulares, empresas

A crise económica está a empurrar cada vez mais pessoas para a falência. De acordo com as últimas estatísticas da Direcção--Geral da Política de Justiça (DGPJ), no primeiro trimestre deste ano, 50 por cento de um total de 2195 insolvências decretadas pelos tribunais judiciais de primeira instância dizem respeito a pessoas singulares e os restantes a empresas privadas. Ou seja, 1097 pessoas e 1091 empresas (49,7 por cento). Há ainda uma margem de 0,3 por cento de casos não especificados.

Segundo a mesma fonte, comparando o número de insolvências de pessoas singulares no primeiro trimestre de 2007 com o mesmo período de 2011, verifica-se quase uma triplicação, passando de 17 por cento para 50 por cento.

Em contrapartida, e no que respeita a empresas, verificou--se uma redução significativa nas insolvências decretadas pelos tribunais (de 80,8 por cento, em 2007, para apenas 49,7 por cento), que diminuíram 31,1 pontos percentuais.

Independentemente do tipo de insolvência, quer dizer, de empresas ou pessoas, o que os números da DGPJ demonstram é que há cada vez mais processos entrados nos tribunais. Entre Janeiro e Março de 2007, deram entrada 999 processos nos tribunais e cinco anos depois registou-se, no mesmo período de tempo, 3066. Ou seja, um aumento de 206 por cento nos processos entrados.

Relativamente ao valor dos processos de insolvência de empresas, constata-se uma tendência para o aumento de processos de menor valor, com processos até 9999 euros a somar 46,9 por cento do total dos casos findos.

No que concerne especificamente à recuperação de crédito, há a registar que apenas 6,1 por cento foram recuperados. De facto, com a crise e o consequente aumento do número de desemprego, há cada vez mais portugueses que não conseguem pagar as suas dívidas e o último recurso para tentarem resolver o problema é declararem-se insolventes.

crise falências pessoas singulares empresas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)