Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Defesa: Cortes podem comprometer missões

O comandante da Base Aérea de Monte Real alertou esta terça-feira o ministro da Defesa que algumas missões nacionais e internacionais podem ficar comprometidas, caso persistam os cortes na área de formação.
14 de Fevereiro de 2012 às 13:57
Ministro da Defesa, José Aguiar Branco
Ministro da Defesa, José Aguiar Branco FOTO: Lusa

Em causa está a poupança a que a Força Aérea está obrigada e que atinge os 31 por cento, em relação a 2010, com impacto nas horas de voo dos pilotos, explicou o coronel Paulo Mateus.

"Vamos reduzir, mas não consigo qualificar os novos quatro pilotos que cá tenho", frisou o responsável pela Base Aérea de Monte Real durante o "briefing" com o qual se iniciou hoje a visita do ministro da Defesa.

"Tenho que transmitir a informação de que vamos ficar abaixo e se as coisas continuarem assim temos que deixar de cumprir algumas missões", acrescentou.

No final da visita, admitiu que esta é uma época de "sacrifício para toda a gente" e por isso se está a fazer um esforço de adaptação "em esforço, para que Portugal não perca a capacidade que hoje tem instalada e que demorou 40 anos a garantir".

Confrontado pelos jornalistas, o ministro da Defesa, José Aguiar Branco, disse que "como é óbvio há dificuldades", salientando que no ministério estão "todos a trabalhar para as ultrapassar".

Contudo, garantiu que na Base Aérea de Monte Real encontrou "uma atitude muito positiva, de quem, compreendendo a situação excepcional que o país atravessa, acha que é sempre possível cumprir as missões com qualidade".

Missões Defesa Cortes Orçamento Economia Base Aérea Monte Real Comandante José Aguiar Branco
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)