Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Défice público angolano dispara para 7,6% em 2015

Valor é praticamente o dobro das estimativas para este ano.
30 de Outubro de 2014 às 09:11
O documento prevê um défice superior a 9,4 mil milhões de euros em 2015
O documento prevê um défice superior a 9,4 mil milhões de euros em 2015 FOTO: Bloomberg/Getty Images

A proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE) de Angola para 2015 prevê um défice de 7,6 por cento nas contas públicas, praticamente o dobro das estimativas para este ano, essencialmente devido à quebra na cotação do petróleo.

Os números foram revelados pelo ministro das Finanças de Angola, Armando Manuel, depois de a proposta de OGE ter sido apreciada, quarta-feira, em reunião do conselho de ministros realizada em Luanda.

O documento prevê um défice superior a 9,4 mil milhões de euros em 2015, equivalente a 7,6% do Produto Interno Bruto (PIB), influenciado pela forte quebra da cotação internacional do barril petróleo.

"Défice este que deverá, essencialmente, cobrir a despesa de capital, aqueles investimentos que em momento nenhum podem ser paralisados, aqueles investimentos necessários para alterar o quadro do ambiente de negócios da nossa economia", explicou, aos jornalistas, Armando Manuel.

O Fundo Monetário Internacional divulgou, em setembro, uma previsão apontando que Angola deverá registar um défice de 4% do PIB em 2014, um saldo negativo pela primeira vez em cinco anos.

Com a previsão do Executivo, o défice angolano poderá praticamente duplicar em 2015.

Estão orçamentadas para o próximo ano, nesta proposta de OGE, receitas de 4.017 mil milhões de kwanzas (32.054 milhões de euros) para despesas de 5.200 mil milhões de kwanzas (41.495 milhões de euros).



Orçamento Geral do Estado Angola Armando Manuel Produto Interno Bruto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)