Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Delphi sem soluções

Francisco Godinho, um dos desempregados da Delphi de Ponte de Sor, Portalegre, mostrou-se ontem pouco confiante nas saídas profissionais que o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) possa vir a oferecer aos 430 ex-funcionários da unidade.
31 de Dezembro de 2009 às 00:30
A empresa de Ponte de Sor tinha 430 funcionários
A empresa de Ponte de Sor tinha 430 funcionários FOTO: Cosme Durão

"Se não for eu a mexer--me, penso que é muito difícil que o IEFP arranje emprego para mim e para as outras pessoas", disse o antigo operário. "O IEFP vive com vários problemas [captação de emprego], e se não consegue resolver esses problemas que tem agora, com os outros desempregados, quanto mais com aqueles que vêm depois" disse, adiantando: "Somos mais um vasto grupo que vai engrossar a lista de desempregados."

Com encerramento definitivo agendado para quinta-feira, os 430 trabalhadores da Delphi estão praticamente todos já em casa.

INDEMNIZAÇÕES: 315

Os 315 trabalhadores despedidos da fábrica Delphi da Guarda járeceberam as indemnizações a que tinhamdireito.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)