Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

DESEMPREGO SOBE EM ESPANHA NO FIM DE 2002

O número de desempregados em Espanha aumentou em 10 100 pessoas entre Novembro e Dezembro de 2002, fixando a taxa de desemprego no final do ano em 9,14 por cento da população activa, anunciou ontem o ministro espanhol do Trabalho.
6 de Janeiro de 2003 às 00:00
De acordo com Eduardo Zaplana, titular da pasta do Trabalho, as agências do Instituto Nacional do Emprego registaram, no fim de 2002, 1 688 068 desempregados, mais 0,05 por cento que em Novembro. O mesmo responsável acrescentou também que, ao longo de 2002, a lista foi engrossada com 113 224 novas inscrições, ou seja, mais 7,19 por cento.

Paralelamente a estes dados, o ministro da Economia espanhol indicou que a taxa de desemprego atingia 11,4 por cento da população activa no final do terceiro trimestre.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)