Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Despesa do SNS aumentou 5,9% até março para 2.883,8 milhões de euros

Finanças destacam a subida do número de enfermeiros, com mais 7,5% de trabalhadores ao serviço (3.428 trabalhadores).
Lusa 23 de Abril de 2021 às 14:38
Médicos e enfermeiros são as principais vítimas de violência na saúde
Médicos e enfermeiros são as principais vítimas de violência na saúde FOTO: skynesher
A despesa total do Serviço Nacional de Saúde (SNS) cresceu 5,9%, no primeiro trimestre do ano (160,2 milhões de euros), face a 2020, atingindo os 2.883,8 milhões de euros.

Segundo dados divulgados hoje à Lusa por fonte oficial do Ministério das Finanças, a despesa do SNS com pessoal de saúde "disparou" 10,4% nos três primeiros meses do ano (mais 119,6 milhões de euros), com um crescimento homólogo de 8% do número de profissionais ao serviço (mais 10.829 trabalhadores).

Entre o número de novos trabalhadores contratados pelo SNS, as Finanças destacam a subida do número de enfermeiros, com mais 7,5% de trabalhadores ao serviço (3.428 trabalhadores) e dos assistentes operacionais, com mais 14,5% (3.927 trabalhadores).

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
SNS Serviço Nacional de Saúde economia negócios e finanças economia (geral)
Ver comentários