Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

“Desvalorização da banca não é caso único do BCP”

O presidente executivo do BCP, Carlos Santos Ferreira, admitiu esta quarta-feira estar “triste” com a evolução da cotação do banco em bolsa mas sublinhou que o problema não atinge exclusivamente o BCP.
2 de Novembro de 2011 às 18:23
banco liderado por Carlos Santos Ferreira viu os lucros caírem 72% nos primeiros nove meses do ano, 59,4 milhões de euros
banco liderado por Carlos Santos Ferreira viu os lucros caírem 72% nos primeiros nove meses do ano, 59,4 milhões de euros FOTO: Vítor Mota

“Estaria mais preocupado do que estou se fossemos um caso único. Infelizmente, a desvalorização da banca não é um caso do BCP, não é um caso de Portugal, é claramente um caso, no mínimo, europeu”, afirmou.

E acrescentou: “Ver grandes casas francesas e italianas caírem 7% e 8% é confrangedor.”

Recorde-se que o BCP atingiu na terça-feira um mínimo histórico de 13,4 cêntimos por título, vendo cair o seu valor em bolsa para menos de mil milhões de euros.

O banco liderado por Carlos Santos Ferreira viu os lucros caírem 72% nos primeiros nove meses do ano, 59,4 milhões de euros.

Entre Julho e Setembro, o banco registou mesmo um prejuízo de 29 milhões de euros à coração da incorporação do impacto do corte no valor da dívida pública grega nos resultados.

bcp santos ferreira banca bancos acções mercados
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)