Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Dez pessoas detidas

A ASAE – Autoridade de Segurança Alimentar e Económica anunciou ontem a apreensão de 742 relógios contrafeitos Swatch, avaliados em 40 mil euros, e deteve dez suspeitos de produção e comercialização do produto a imitar a marca suíça conhecida a nível mundial.
22 de Outubro de 2006 às 00:00
A apreensão do material e a detenção dos presumíveis falsificadores aconteceu anteontem, durante uma operação de fiscalização em todo o território português continental.
O crime de contrafacção é punido com pena de prisão até três anos ou multa até 360 dias.
Segundo a ASAE, “a contrafacção é um dos maiores desafios à economia europeia, estimando-se que o seu valor global represente entre cinco e sete por cento do comércio mundial.
O prejuízo anual causado pela falsificação de produtos está avaliado em 450 biliões de euros e põe em perigo mais de 200 mil postos de trabalho em todo o mundo, metade dos quais no continente europeu.
No nosso país, a Comissão Europeia e vários economistas estimam que a economia subterrânea, que não paga impostos, movimente cerca de 37 mil milhões de euros (25 por cento do nosso Produto Interno Bruto).
Na passada sexta-feira, as 22 brigadas da ASAE inspeccionaram 53 operadores e instauraram 18 processos-crime e dois processos de contra-ordenação.
A taxa de incumprimento da lei foi de 38 por cento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)