Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Diminuem vacas loucas em Portugal

Os animais vítimas de encefalopatia espongiforme bovina, doença vulgarmente conhecida por vacas loucas, continuam a diminuir no nosso país.
16 de Março de 2005 às 00:00
De acordo com dados divulgados ontem pela Comissão Europeia, foram detectados 91 bovinos no ano passado, em Portugal, com a mencionada doença.
O executivo comunitário, presidido por Durão Barroso, publicou a lista com a evolução da encefalopatia espongiforme bovina, de 1988 até 2004, em todo o mundo.
Nesse período de 16 anos, registaram-se 953 casos em Portugal. O nosso país foi ultrapassado pelo Reino Unido, com 182 831 casos, e pela Irlanda, com 1477.
A primeira detecção da doença, no nosso país, foi em 1990. O número mais elevado aconteceu em 1999: 159 casos. Desde então, devido a medidas preventivas rigorosas por parte das autoridades sanitárias portuguesas, o número de animais afectados foi diminuindo.
Precisamente pelo decréscimo de ano para ano, a Comissão Europeia aprovou, em Novembro último, o levantamento do embargo às exportações portuguesas de carne bovina, imposto em 1998.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)