Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

“Dinheiro é fundamental mas não é tudo”

Bagão Félix, economista e ex-ministro das Finanças
11 de Março de 2009 às 00:30
“Dinheiro é fundamental mas não é tudo”
“Dinheiro é fundamental mas não é tudo”

Correio da Manhã – Qual a importância estratégica de Angola como parceiro económico de Portugal?

Bagão Félix – É muito importante porque se trata de um país lusófono com o qual Portugal tem uma longa história cultural. O crescimento económico de Angola também o transforma numa das prioridades do investimento português. É um mercado apetecível.

– Quais são as áreas em que vale a pena investir em Angola?

– Trata-se de um país em reconstrução, pelo que a construção civil tem uma grande importância. Mas também devíamos apostar forte na exportação de tecnologia de ponta para esse país africano.

– Como vê o investimento angolano em Portugal?

– Está concentrado na Banca e penso que devia haver expansão. Mas mais importante do que isso é que, no futuro, exista mais investimento de empresas privadas e não do Estado angolano no País.

– Mas não o preocupa a entrada de capital angolano em sectores estratégicos?

– É preciso pensar no futuro e evitar situações pouco claras que possam surgir. O dinheiro é fundamental mas não é tudo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)