Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Direcção-Geral dos Impostos recupera 812 milhões de euros

A Direcção-Geral dos Impostos (DGCI) recuperou receita fiscal no valor de 812 milhões de euros entre Agosto de 2008 e Julho deste ano com a operação ‘Resgate Fiscal’, cobrando diariamente, em média, cerca de 1,16 milhões de euros.

11 de Agosto de 2010 às 18:44
Operação ‘Resgate Fiscal’ cobrou diariamente uma média de 1,16 milhões de euros
Operação ‘Resgate Fiscal’ cobrou diariamente uma média de 1,16 milhões de euros FOTO: Manuel Moreira

Desde o início da operação, em Agosto de 2008, "70,25 por cento dos infractores, ou seja 36 675 contribuintes, já regularizaram parte ou a totalidade das dívidas fiscais". 

No âmbito da operação ‘Resgate Fiscal', a DGCI realizou diversos actos de investigação criminal: constituição e interrogatório de arguido e constituição de termos de identidade e residência a 2.518 arguidos (empresas, administradores e gerentes) e 1.015 inquirições de testemunhas. 

O Ministério das Finanças afirma que os ilícitos fiscais se verificam em todos os sectores de actividade, "mas a falta de entrega dolosa de impostos nos cofres do Estado faz-se sentir com significativa intensidade nos sectores da construção civil, restauração, manutenção e reparação de veículos automóveis, transportes, vestuário e actividades de contabilidade".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)