Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Dívida pública comprada a preço cada vez mais elevado

Portugal colocou ontem no mercado 943 milhões de euros em dívida pública. A procura quase duplicou a oferta e o Instituto de Gestão do Crédito Público (IGCP) acabou por reforçar o valor da emissão. Mas o juro pago para aliciar os investidores continua a aumentar.
24 de Junho de 2010 às 00:30
Alberto Soares diz que sem austeridade os juros seriam ainda maiores
Alberto Soares diz que sem austeridade os juros seriam ainda maiores FOTO: d.r.

As obrigações do tesouro com maturidade a cinco anos foram colocadas com um juro médio de 4,567%. Em Maio, na última emissão de idêntico montante, o Estado pagou apenas 3,7%, ou seja, quase menos um ponto percentual.

No Parlamento, Alberto Soares, líder do IGCP, afirmou que "se as medidas de austeridade não tivessem sido tomadas o spread da nossa dívida seria maior" e sublinhou a necessidade de repor a confiança dos mercados. Sobre as obrigações do tesouro, garantiu que, a longo prazo, são uma boa aplicação.

Ver comentários