Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

É mais fácil fazer negócios em Portugal

Fazer negócios em Portugal já é mais fácil, segundo o relatório Doing Business 2008, do Banco Mundial e do International Finance Corporation (IFC), hoje divulgado em Washington. O primeiro-ministro, José Sócrates, considerou que esta subida resulta do sucesso da aplicação do Simplex, que gerou um clima mais propício à iniciativa empresarial.
26 de Setembro de 2007 às 09:04
Segundo o relatório em causa, Portugal subiu três posições no ranking do Banco Mundial relativo ao ambiente de negócios, ficando agora na 37ª posição, imediatamente à frente da Espanha, numa lista que avalia 178 economias mundiais.
A subida de Portugal acontece pelo segundo ano consecutivo. Em 2006 o nosso país ocupava a 40ª posição, enquanto em 2005 estava na 45ª posição nesta lista, que avalia indicadores no âmbito da criação de um bom ambiente para negócios.
José Sócrates, que se encontra em Nova Iorque, considerou que esta subida “é muito positiva para a imagem internacional” de Portugal. O primeiro-ministro salientou que a situação resulta em parte da aplicação do programa Simplex, salientando que o Programa de Simplificação Administrativa está a “combater a burocracia e a criar um melhor ambiente para a iniciativa e os negócios”. O chefe do governo português falava aos jornalistas, esta quarta-feira, depois de participar na sessão de abertura da LXII Assembleia Geral das Nações Unidas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)