Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

Economia paralela vale 33,56 mil milhões de euros

O valor da economia paralela em Portugal atinge os 33,56 mil milhões de euros, mais do dobro do défice orçamental do ano passado, que, nos 15,5 mil milhões de euros, foi o mais alto registado no País.
6 de Setembro de 2010 às 00:30
Vieira da Silva considera que a vantagem é criar empregos
Vieira da Silva considera que a vantagem é criar empregos FOTO: João Miguel Rodrigues

Com um valor que representa 19,7% do Produto Interno Bruto (PIB), Portugal está no quarto lugar em termos de peso da economia não registada de um conjunto de 21 países estudados pelo austríaco Friedrich Schneider. O primeiro lugar pertence à Grécia com 25,2%, seguem-se a Itália (22,2%) e a Espanha (19,8%).

Considerando "habitual", que a economia informal aumente em tempos de crise, o ministro da Economia, Vieira da Silva, frisou que a "vantagem" é "dar emprego às pessoas".

Ver comentários