Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Emigrantes enviam dez milhões por dia para Portugal

Portugueses no estrangeiro mandaram 3645 milhões de euros de volta para país natal.
Wilson Ledo 4 de Março de 2020 às 08:36
França é o país do qual os emigrantes mais enviam dinheiro para Portugal
França é o país do qual os emigrantes mais enviam dinheiro para Portugal FOTO: iStockPhoto
Os emigrantes portugueses enviaram, no ano passado, cerca de 10 milhões de euros por dia em remessas para Portugal. O bolo total foi de 3645,23 milhões de euros, uma subida de 1,14% face a 2018, mostram os últimos dados do Banco de Portugal. França e Suíça estão no topo da lista.

Este foi o valor mais elevado em quase duas décadas. Só em 2001 se tinha conseguido ultrapassar a fasquia dos 10 milhões de euros diários, com um registo total de quase 3736,82 milhões de euros.

França continua a posicionar-se como o principal mercado emissor, representando cerca de um em cada três euros enviados pelos portugueses a trabalhar no estrangeiro. Ainda assim, o clima de instabilidade económica vivido em França no ano passado, que se tornou notório nos protestos dos ‘Coletes Amarelos’, pode ajudar a explicar a quebra face a 2018: 1093,54 milhões de euros, menos 39,7 milhões. A Suíça vem logo a seguir, contribuindo com 988,66 milhões enviados pelos emigrantes para o total nacional.

À exceção de França, os principais mercados conseguiram registar uma subida no valor das remessas enviadas pelos emigrantes. Destaque para Angola que, depois de vários bloqueios no envio de dinheiro para fora, vê essa quantia subir dos 223,01 milhões para os 248,36 milhões de euros no espaço de um ano.

Brasileiros são aqueles que mandam mais
No ano passado, os estrangeiros a trabalhar em Portugal enviaram 478,4 milhões de euros para os seus países de origem. Segundo os últimos dados do Banco de Portugal, o valor representa uma queda face aos 532,7 milhões registados em 2018.

Por cada dois euros enviados pelos imigrantes, um euro coube a cidadãos brasileiros a trabalhar em Portugal. Esta nacionalidade surge assim em claro destaque, representando 239,7 milhões de euros.

Julho é o mês em que chega mais dinheiro
Nos últimos dois anos, é possível perceber que julho é o mês em que os emigrantes mais enviam poupanças para Portugal. Foram 370 milhões de euros, valor que poderá refletir o pagamento do subsídio de férias. Também em dezembro, os valores tendem a ser superiores à média.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)