Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Empresa chinesa interessada na EDP não detecta sinais de "discriminação"

O líder da empresa chinesa candidata à privatização da EDP afirmou esta quarta-feira não ter detectado em Portugal sinais de "discriminação" contra o investimento chinês, considerando "muito amigáveis" os contactos que estabeleceu com responsáveis portugueses.
14 de Dezembro de 2011 às 10:02
Chineses e alemães melhor colocados na corrida à EDP
Chineses e alemães melhor colocados na corrida à EDP FOTO: d.r.

"Em alguns países e em certas áreas (económicas), já ouvi vozes críticas (ao investimento chinês), mas em Portugal não", disse à agência Lusa em Pequim o presidente da China Three Gorges Corporation (CTG), Cao Guangjing.

Cao Guangjing esteve em Portugal pela última vez na semana passada, quando fechou o prazo para a entrega de propostas à privatização da EDP, e durante o Verão encontrou-se com vários governantes portugueses, entre os quais os ministros das Finanças e da Economia.

"Foram muito amigáveis e receptivos à participação chinesa (no capital da EDP)", disse Cao Guangjing acerca dos referidos contactos.

A China Three Gorges Corporation (CTG) é uma das quatro candidatas à compra dos 21,35 por cento do capital da EDP ainda na posse do Estado português.

Pelo que foi já divulgado na imprensa em Lisboa, a empresa estatal chinesa foi a que ofereceu o preço mais alto (cerca de 2,7 mil milhões de euros), à frente da alemã E.ON e das duas empresas brasileiras (Eletrobras e Ceming).

"Confio no Governo português. Acredito que o Governo será justo e que nos tratará com isenção", disse Cao Guangjing à agência Lusa.

O resultado das propostas deverá ser anunciado no próximo dia 22.

Fundada em 1993, para construir e gerir o maior complexo hidroeléctrico do mundo, a barragem das Três Gargantas, no rio Yangtze, a CTG é considerada uma das mais importantes empresas da China na área das energias renováveis e está envolvida em projectos hidro-eléctricos em 26 países.

Segunda economia do mundo, logo a seguir aos Estados Unidos, a China possui também as maiores reservas em divisas do planeta, estimadas em Setembro passado em 3,2 biliões de dólares (2,45 biliões de dólares).

EDP Privatizações
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)