Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

“Empresa precisa da mão-de-obra”

Albano Ribeiro, Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil sobre despedimentos na empresa Soares da Costa.
7 de Outubro de 2011 às 01:00
“Empresa precisa da mão-de-obra”

Correio da Manhã – Como reagem à ameaça de despedimentos na construtora Soares da Costa?

Albano Ribeiro – O documento da empresa, a que tive acesso, prevê despedir 817 trabalhadores e por isso pedi, na terça-feira, uma reunião urgente com a administração. Ainda aguardo resposta.

– Acha que a empresa vive uma crise que justifique esta medida?

– Não. A Soares da Costa tem muitas obras em curso e acabou de ganhar duas grandes empreitadas, um hotel em Lisboa e uma obra importante no Alentejo. Por isso, acho que precisa da mão-de-obra.

– Como é que os trabalhadores receberam esta notícia?

– Com aflição. Já recebi dezenas de telefonemas de operários muito preocupados e ainda não tenho respostas para lhes dar.

– Como é que o sindicato pensa reagir?

– Esta situação contraria a lei vigente do Código do Trabalho. O sindicato irá defender legitimamente os interesses dos trabalhadores. A seu tempo, decidiremos como.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)