Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Empresa recruta 25 pessoas

Mind Source faz do bem-estar e motivação dos colaboradores prioridade e ganha pré-mios com esta atitude
26 de Maio de 2012 às 15:03
Francisco Lopes da Fonseca fala sobre o compromisso da sua empresa para com os colaboradores
Francisco Lopes da Fonseca fala sobre o compromisso da sua empresa para com os colaboradores FOTO: Jorge Paula

Correio da Manhã – Qual é a principal prioridade da Mind Source?

Francisco Lopes da Fonseca – Desde o início que a nossa grande preocupação é honrar sempre os nossos compromissos e a nossa palavra. É isso que nos dá credibilidade no mercado. Queremos, também, que os nossos colaboradores se sintam tão satisfeitos como os nossos clientes. As empresas têm por princípio agradar muito aos clientes mas depois sacrificam as equipas que é quem mais contribui para o crescimento, estabilidade e riqueza da empresa.

– Como se caracteriza a equipa?

– Temos uma equipa com um ADN muito semelhante. Eu considero que temos embaixadores da Mind Source em cada colaborador. Se não fosse assim não estaríamos a ganhar novos colaboradores recomendados pelos já existentes, não estaríamos a ganhar clientes que ouvem falar de nós e da nossa maneira de estar e que se identificam connosco.

– Que tipo de incentivos ou de benefícios é que a empresa dá aos seus colaboradores?

– Bem, nós não abundamos em dinheiro para poder surpreender as pessoas da melhor maneira... Por isso, temos de o fazer de uma forma criativa, optimizando os recursos e aquilo que podemos gastar. Procuramos, também, envolver todos os colaboradores em iniciativas de solidariedade, como por exemplo a venda de narizes vermelhos para angariar fundos para os Doutores Palhaços. Temos um plano de formação interessante. Tentamos, ainda, ser sempre transparentes com as pessoas.

– Qual é a razão que o leva a fazer esta aposta tão forte na satisfação dos colaboradores?

– Um colaborador insatisfeito deixa a empresa e o tempo que se demora a recrutar um novo colaborador e a formá-lo e todos esse processo é tempo em que a empresa não cresce. Aqui, o que nos surpreende é que existam empresas que não se preocupem com o bem-estar das famílias que envolvem e do impacto que têm nessas famílias.

– Planeiam contratar mais pessoas?

– Planeamos, nós pretendemos chegar ao final do ano com mais 25 colaboradores. Temos necessidades para mais, mas não queremos facilitar no tipo de talento que procuramos no mercado, porque isso colocaria em risco o que conseguimos até aqui.

Conheça as ofertas de emprego publicadas no suplemento Primeiro Emprego publicado com a edição papel desta sexta-feira do Correio da Manhã.

Primeiro Emprego trabalho Mind Source
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)