Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Empresários lamentam fim do Ministério do Turismo

As associações do sector turístico algarvias estão inconformadas com a decisão do novo primeiro-ministro, José Sócrates, de suprimir o ministério que tutelava aquela área.
7 de Março de 2005 às 15:13
Cabrita Neto, presidente da Associação dos Industriais de Hotelaria do Algarve, defende que o turismo tem grande peso na economia nacional e por isso os empresários da área não se conformam com a decisão do novo primeiro-ministro. O mesmo responsável admite que esta decisão constitui uma “um retrocesso grave” para o sector.
Por sua vez, a Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA) considera que o turismo sai diminuído, mas aguarda as directivas do novo Governo.
A mesma posição foi assumida pela Confederação do Turismo Português (CTP) que, num comunicado difundido esta segunda-feiralamenta a ausência do Ministério do Turismo na orgânica do novo Governo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)