Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

ENERGIA IBÉRICA EM ALTA

O posicionamento da EDP em Portugal e Espanha, no âmbito da reestruturação do sector energético, faz o Barclays recomendar a compra de acções da empresa portuguesa.
25 de Maio de 2003 às 00:00
A instituição bancária britânica estima a valorização dos títulos da eléctrica em 14,94 por cento. Ou seja: fecharam, na passada sexta-feira, a 1,74 euros e podem ir até aos dois euros dentro de um ano.
Segundo o Barclays, “a reestruturação confere uma posição competitiva bastante mais forte à EDP no contexto ibérico, proporcionando, além disso, sinergias e poupança de custos com a integração do gás no seu controlo.” Recorde-se que as “centrais de ciclo combinado de produção de electricidade funcionam a gás”.
Outra grande empresa ibérica é a Iberdrola, para cujas acções o Barclays prevê uma valorização superior a 16 por cento (de 14,99 para 17,5 euros). Recomendando “acumular” acções da Iberdrola, o Banco frisa que “a reorganização do sector em Portugal poderá ter implicações em Espanha, dado que a Endesa, apesar de ser a principal eléctrica da Ibéria, não possui uma estratégia de gás muito visível e, além disso, tem uma estrutura financeira enfraquecida.”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)