Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Ensinar português a estrangeiros

Já em criança, Sandra Figueiredo obrigava a irmã a servir-lhe de cobaia numa sala de aulas imaginária cheia de alunos fictícios. Com tanta persistência não é de estranhar que esta doutorada em Psicologia tenha crescido para se tornar professora.
30 de Novembro de 2012 às 15:00
Sandra Figueiredo desenvolveu ferramenta para estrangeiros aprenderem português
Sandra Figueiredo desenvolveu ferramenta para estrangeiros aprenderem português FOTO: Manuel Azevedo

"O que sou agora é o fidelíssimo retrato do que desenhei, em termos profissionais, quando era muito pequena", afirma a autora da ferramenta ‘Aprender Português é tão fácil!’, um programa de ensino do português a alunos até aos 15 anos, cuja língua materna não é o português.

"Na verdade professora e investigadora é tudo o que define a minha essência maior, mas o outro lado que ainda era desejo infantil amadureceu. Ao longo da adolescência sempre pensei que dadas as minhas origens muito humildes só a formação superior e muito empenho seriam os meus baluartes para passar a ‘fronteira’ e conseguir a evolução, a realização e a sustentabilidade financeira", conta Sandra, adiantando que além da licenciatura sempre pensou em fazer o doutoramento.

O programa ‘Aprender Português é tão fácil!’ é um dos produtos da investigação aplicada do doutoramento de Sandra Figueiredo. "Trata-se de um CD-ROM, numa versão inicial de projecto que pretendo continuar a desenvolver, que apresenta um suporte de conteúdos e técnicas para a aprendizagem de português como segunda língua", que se dirige "sobretudo a alunos imigrantes portugueses, que se encontram nas salas de aula das escolas de ensino básico e secundário e que não dominam com proficiência a língua portuguesa".

Iniciar o pós-doutoramento no próximo ano e desenvolver novas versões do programa são os projectos de curto prazo de Sandra Figueiredo. "Quero fazer o projecto evoluir em situações como a ortográfica, que se tornou uma implicação desde o Novo Acordo, variar os conteúdos, mudar as idades dos destinatários e diversificar os níveis de proficiência."

Um dos maiores obstáculos que teve de ultrapassar para de- senvolver este projecto esteve ligado ao financiamento, que foi resolvido com o contributo do Departamento de Educação da Universidade de Aveiro e da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

Projecto

O ‘Aprender Português é tão fácil!’, segundo explica Sandra Figueiredo, pretende ser um programa completo, dinâmico e apelativo em contexto de sala de aula, e sobretudo no domínio do apoio instrucional, que é previsto que seja implementado nas escolas face à população imigrante que se encontra representada em qualquer estabelecimento de ensino nacional.

Curso

O CD-ROM tem quinze unidades didácticas com jogos e actividades de escrita, leitura e compreensão oral, mas sendo todos independentes e identificados por temas do quotidiano e com aspecto muito simples, dado que este programa foi definido para se destinar à população que se enquadre no nível mais básico de proficiência da língua ou desconhecimento total da mesma.

Primeiro Emprego Sandra Figueiredo aprender português
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)